26 novembro 2011

Tinha de ser justo amor meu Deus?





Podia ser só amizade, paixão, carinho,
admiração, respeito, ternura, tesão.
Com tantos sentimentos arrumados
cuidadosamente na prateleira de cima,
tinha de ser justo amor, meu Deus?
Porque quando fecho os olhos, é você quem eu vejo;
aos lados, em cima, embaixo, por fora e por dentro de mim.
Dilacerando felicidades de mentira,
desconstruindo tudo o que planejei,
Abrindo todas as janelas para um mundo deserto.
É você quem sorri, morde o lábio, fala grosso, conta histórias,
me tira do sério, faz ares de palhaço, pinta segredos,
ilumina o corredor por onde passo todos os dias.
É agora que quero dividir maçãs, achar o fim do arco-íris,
pisar sobre estrelas e acordar serena.
É para já que preciso contar as descobertas, alisar seu peito,
preparar uma massa, sentir seus cílios.



“Claro, o dia de amanhã cuidará do dia de amanhã e tudo chegará no tempo exato. 
Mas e o dia de hoje?”


Não quero saber de medo, paciência, tempo que vai chegar.
Não negue, apareça.
Seja forte.




2 comentários:

  1. Talvez, porque amor seja o que de mais sublime possa existir nesse mundo...


    Talvez....

    ResponderExcluir
  2. Ola! Faço parte do Blogueiras Unidas e vim visitar o seu cantinho...
    Meu numero de identificação é o 908!
    Já estou te seguindo...
    Está tudo lindo por aqui...
    Visite-me e participe do sorteio que o Lucas Arte Digital eo Blogueiras
    Unidas estão fazendo em parceria! ESPERO VOCÊ!
    http://lucasartedigital.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada a todos por visitar meu cantinho, onde
o céu é o limite! ✿゚

Espero que tenham gostado e volte mais vezes.

O blog é uma maneira de expor minhas ideias,
e juntos trocarmos experiências que nos farão crescer...

Desde já agradeço pelo carinho

Beijinhos

2 3